saúde

Respiração diafragmática: uma antiga técnica capaz de combater a ansiedade, melhorar a qualidade de vida e ajudar no combate à Covid-19

Também conhecida como respiração abdominal, esta é uma técnica que proporciona maior oxigenação. Chama-se respiração diafragmática, e não é difícil de aprender!

Uma das formas de colocá-la em prática e mudar sua vida é, primeiramente, ficar em uma posição confortável. Lembre-se: não se trata de respirar expandindo apenas a musculatura do tórax; você conduzirá o ar até a região abdominal e, ao inspirar, sentirá o abdômen subir. Coloque as mãos sobre a barriga e sinta o movimento. Então, segure o ar contando até dois e solte lentamente pela boca, contando até cinco. Espere dois tempos e repita o processo dentro das suas possibilidades. Caso sinta um pouco de tontura nas primeiras vezes, é normal. Seu cérebro recebeu mais oxigênio do que está acostumado, mas vai se adaptar aos poucos.

É como a respiração dos bebês, não tem mistério! Pode ser usada para combater sintomas da síndrome do pânico e dos transtornos de ansiedade, além de proporcionar bem-estar com um melhor funcionamento do metabolismo.

Em seu artigo de hoje, Jane E. Brody — que escreve sobre saúde para o The New York Times há décadas — fala sobre a prática, usada para combater suas dores nas costas: “Disseram-me para inspirar pelo nariz e expirar lentamente pela boca. Mas, em vez de meu peito se expandir à medida que meus pulmões se enchem quando inspiro, meu diafragma — o músculo em forma de cúpula sob meus pulmões — deve se contrair e cair em direção ao meu estômago.”

A colunista aderiu ao tratamento muscular respiratório um pouco antes do surto da pandemia de Covid-19, e afirma que a respiração diafragmática ensina a respirar com maior eficácia, além de poder “facilitar uma batalha eficaz contra o coronavírus”, pois fortalece os músculos respiratórios.

Segundo Jane, cinco minutos desse exercício pela manhã e à noite são muito recomendáveis para colocar a nossa vida respiratória no caminho certo. De quebra, é um ótimo método para respirar melhor por trás das máscaras de proteção contra o vírus.

Foto: Eli Defaria / Unsplash