MEDICINA

Vacinas: enquanto o imunizante da Universidade de Oxford chega à terceira fase de testes, a vacina da China passa a ser testada em doze centros no país

Os doze centros a coordenarem a testagem do imunizante chinês estão nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Distrito Federal. Ele será aplicado em voluntários com mais de 18 anos que não foram contaminados com o vírus da Covid-19 até o momento. Profissionais da saúde serão preferência, já que estão mais expostos ao vírus. As inscrições abrirão no dia 13 de julho.

No caso da vacina da Universidade de Oxford, cuja testagem é liderada pela Unifesp no Brasil, a pesquisa chega à terceira fase. O grupo Fleury está selecionando dois mil voluntários – sendo 50 mil no mundo todo – que tenham de 18 a 55 anos. A preferência segue sendo dos profissionais da saúde.

Foto: qimono / Pixabay