VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES

Antonia Barra não existe mais: uma história de estupro, culpabilização da vítima, impunidade e suicídio no Chile

Essa é a história de Antonia Barra.

No dia 17 de setembro de 2019, ela foi com amigos a uma casa noturna em Púcon, no Sul do país. Lá, encontrou Martín Pradenas. Há imagens dos dois caminhando na rua.

É possível ver Antonia bastante confusa, com dificuldade para caminhar e hesitante, mas sendo conduzida por Pradenas para uma chalé alugado.

Ao acordar com Pradenas em cima dela, Antonia sabia ter sido estuprada. Gritou e ligou chorando para que amigos fossem buscá-la.

Em 12 de outubro de 2019, a jovem decidiu ligar para Rodrigo Canario, seu ex-namorado, e contar o que havia acontecido. Rodrigo a insultou, gravou a ligação e a compartilhou com outras pessoas.

No dia seguinte, Antonia Barra se despediu e se matou.

Ela estava com 21 anos e, segundo sua família, além de ser muito responsável, tinha o sonho de viajar.

Na primeira audiência do caso, o juiz alegou não ter visto nada nas imagens em que Antonia tropeçava e parecia desorientada, “só vejo um casal andando”.

Pradenas também é suspeito de outros cinco estupros.

Em julho de 2020, milhares foram às ruas do país para protestar contra a impunidade em casos de agressão sexual e contra a culpabilização da vítima. O caso de Antonia ilustrou cartazes exigindo justiça para ela e todas as vítimas.

Há duas semanas, a corte de apelações revisou a decisão do juiz de primeira instância e finalmente decidiu pela prisão preventiva de Martín Pradenas – até então, em prisão domiciliar.

Alejandro Barra, pai de Antonia, tomou a decisão de tornar o caso o mais público possível, chamando a imprensa e contando a história da filha – a audiência da corte de apelações foi realizada pela internet e teve um milhão de acessos. “Quantas meninas iguais à minha filha, que, por vergonha da exposição, de ter o dedo apontado a elas, não denunciam? Uma menina que se atreve a denunciar um criminoso deve ser aplaudida.”

Foto de destaque: Instagram / Reprodução