INSPIRAÇÃO

23 anos sem Diana: “Eu sabia qual era o meu trabalho; era sair, conhecer pessoas e amá-las.”

Há exatos 23 anos, Lady Diana Spencer nos deixava. Na noite do 31 de agosto de 1997, ela sofreu um acidente de carro ao lado do namorado, Dodi Al-Fayed, em Paris, durante uma fuga de paparazzi. Deixou dois filhos, os príncipes William, de 15 anos, e Harry, de 12. Foi a mulher mais fotografada do mundo, e sua personalidade é lembrada como inspiração de empatia e afeto por todos, sem preconceitos. “Eu sabia qual era meu trabalho; era sair, conhecer pessoas e amá-las.” Dedicou-se a trabalhos filantrópicos, trazendo atenção a temas como a aids e as minas terrestres quando pouco eram abordados pela grande mídia. Sua história como princesa começou anos antes, em 1981, quando se casou com o príncipe Charles de Gales – herdeiro do trono britânico – em uma grande cerimônia na St. Paul’s Cathedral. Ao longo do casamento, sofreu de transtorno alimentar e depressão, passando por episódios de autoflagelação. Na célebre entrevista à BBC, em 1995, Diana falou sobre as traições de Charles e a rejeição que sofria por parte da família real – revelações que comprometeram a monarquia aos olhos do povo. Sua morte aos 36 anos causou comoção sem precedentes e até mesmo a rainha da Inglaterra precisou fazer um pronunciamento para lamentar o falecimento da ex-nora. Hoje, Diana teria 59 anos… E continua sendo lembrada como alguém que sabia fazer todas as pessoas se sentirem especiais.

Foto: Mario Testino / Pinterest